A toxoplasmose nos gatos

Classifique o artigo

Nada de pânico. Antes de mais convém mencionar que uma pessoa não apanha esta doença se estiver apenas em contato direto com o gato! Também nunca deve pensar sequer em abandonar o seu gato, caso ele tenha contraído toxoplasmose!

Licença: 
CC Attribution 2.0

Nada de pânico. Antes de mais convém mencionar que uma pessoa não apanha esta doença se estiver apenas em contato direto com o gato! Também nunca deve pensar sequer em abandonar o seu gato, caso ele tenha contraído toxoplasmose! Ao tomar as precauções necessárias, e ao praticar uma boa higiene, quer os humanos quer os gatos, podem viver em união com saúde e muito amor. Vamos esclarecer um pouco mais sobre esta doença tão falada e por vezes injustamente ligada apenas aos gatos.

Uma vez exposto à doença, um humano desenvolve imunidade contra este parasita e raramente torna a contrair toxoplasmose. Isto é confirmado através de uma análise sanguínea a qual revelará se esta ou não imune a esta doença.

O que é a toxoplasmose

A toxoplasmose é uma doença causada pelo parasita Toxoplasma Gondii, que pode ser encontrado na terra de um comum jardim ou em carne crua. Um gato fica infetado com toxoplasmose ao matar e comer uma presa infetada, como um rato, pássaro, lagarto... Esta doença pode ser transmissível de gato para humano.  

Como é que um gato fica com toxoplasmose

Um gato passa a ser portador de toxoplasmose se matar e comer um animal que também já esteja infetado – esta é uma das grandes razões pela qual não deve deixar o seu gato sair de casa. Um gato também pode contrair esta doença se estiver em contato com as fezes de outro gato infetado. Logo que um gato esteja infetado, o parasita multiplica-se nos seus intestinos, até que os ovos imaturos, chamados oocistos, sejam expelidos pelas fezes. Um gato infetado liberta estes ovos até 2 semanas depois de ter sido infetado. Estas 2 semanas são a única altura em que um gato pode infetar um humano!

Quais os sintomas de toxoplasmose nos gatos

A maioria dos gatos fica imune à doença através da exposição ao parasita. Contudo, o gato que não for verdadeiramente imune pode ter uma leve diarreia e perda de apetite. Esta doença também pode afetar os pulmões, fígado e sistema nervoso do seu gato. Os gatinhos que foram expostos ao parasita ainda no ventre da mãe são os mais vulneráveis – e podem exibir mais facilmente sintomas do que um gato adulto.

O que fazer se pensar que seu gato tiver toxoplasmose

Se suspeitar que o seu gato tem o parasita que causa a toxoplasmose, deve de o levar ao veterinário para fazer o teste. Se o teste for positivo, significa que foi exposto à doença, e que ainda pode estar a libertar oocistos nas fezes, durante o período de 2 semanas. Se o teste for negativo, significa que não foi exposto ao parasita, mas que ainda apode vir a ser infetado e libertar oocistos – mas apenas durante 2 semanas.
Os gatos que contraíram toxoplasmose, e que estão na fase de libertar os oocistos, devem ficar isolados de crianças e de outros animais, grávidas e pessoas com problemas autoimunes. Certifique-se também que muda a areia pelo menos 2 vezes ao dia, usando sempre luvas descartáveis.

A cura para a toxoplasmose

Os antibióticos disponíveis podem eliminar a maioria dos sintomas da toxoplasmose. Embora não matem o parasita, podem ser bastante eficazes no tratamento.

Como pode um humano apanhar toxoplasmose

Embora os humanos possam ser infetados em contato com as fezes de um gato, a forma mais comum de alguém ter contato com o parasita que causa toxoplasmose é através do manuseamento menos higiênico de carne crua, ou mal passada, beber água contaminada, e com a exposição à terra de, por exemplo, o jardim ou quintal; ou mesmo em caixas de areia infetadas onde um gato tenha defecado. É importante referir que uma pessoa não apanha esta doença se estiver apenas em contato direto com o gato!

Pessoas que devem ter mais cuidado com a toxoplasmose

Felizmente, a maioria das pessoas já foi exposta ou infetada pelo toxoplasma, e atualmente é imune à doença. As pessoas com um sistema imunitário debilitado são as que têm maior risco ao serem infetadas pela toxoplasmose. Se uma mulher estiver grávida e for infetada, o feto em crescimento, pode também ser infetado. Isto pode resultar em cistos no cérebro do feto, levando a desenvolvimentos anormais, aborto ou nascimento prematuro.

Quais os sintomas da toxoplasmose nos humanos

Uma pessoa que for infetada pela toxoplasmose pode sentir febre e mais raramente: falta de ar e problemas neurológicos, como convulsões ou falta de coordenação. Quem estiver de boa saúde normalmente não exibe sinais, ou sente os sintomas comuns de uma gripe.

Pode se prevenir a toxoplasmose

 Se estiver grávida ou tiver problemas de imunidade, pode tomar as seguintes precauções:

  • Ter todos os gatos testados pelo veterinário para este parasita e se certificar que os resultados dos testes lhe são devidamente explicados
  • Mantenha os seus gatos dentro de casa
  • Não dê ao seu gato carne crua
  • Não coma carne crua ou mal passada
  • Não permita que o seu gato ande na rua a caçar ratos, pássaros, lagartos...
  • Use luvas descartáveis para limpar a caixa da areia
  • Use luvas quando jardinar ou mexer em terra
  • Tome as medidas de higiene adequadas quando manusear carne crua
  • Mulheres grávidas e pessoas com problemas do sistema imunitário que tenham gatos, que não tenham outra pessoa que mude a caixa da areia, devem sempre usar luvas descartáveis, limpar a caixa de areia muito bem, duas vezes ao dia, antes que os oocistos possam ficar ativos, e lavar sempre as mãos quando terminar a tarefa.  

Nunca pense em abandonar o seu gato, caso ele tenha toxoplasmose!Está cientificamente provado que manusear carne crua ou trabalhar em jardinagem sem luvas é mais arriscado do que fazer festas ao seu gato. Ao tomar as precauções necessárias, e ao praticar uma boa higiene, quer os humanos quer os gatos, podem viver em comunhão com saúde e muito amor!

Classifique o artigo

Publicidade