Quem é o gato mau egípcio?

Classifique o artigo

Dentro das raças mais procuradas pelos amantes de gatos está o gato mau egípcio, que é frequentemente confundido com o gato Sphynx, no entanto, as duas raças são bastante diferentes! Se está a pensar em adquirir um gato mau egípcio, é importante saber um pouco mais desta raça.

Gato mau egípcio
Licença: 
CC Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.0

Dentro das raças mais procuradas pelos amantes de gatos está o gato mau egípcio, que é frequentemente confundido com o gato Sphynx, no entanto, as duas raças são bastante diferentes! Se está a pensar em adquirir um gato mau egípcio, é importante saber um pouco mais desta raça.

O que é um gato mau egípcio?

Os gatos mau egípcio são gatos originários do Egito, de onde vem o nome “Mau”, que nada tem que ver com a nossa definição da palavra. Estes gatos descendem dos gatos do antigo Egito que eram considerados semideuses em respeito e veneração à deusa Bastet. Chegaram a estar à beira da extinção, acabando por ser transportados para outros pontos do mundo nos anos 50, para que fossem recuperados e se reproduzissem. Diz-se que são descendentes de gatos selvagens, que estão envoltos em mitos e lendas e, que são, indubitavelmente, animais especiais. A adoração dos gatos desta raça data do tempo de reis e faraós do Egito, adoração essa que está até guardada para a posteridade em papiros.

Onde se pode encontrar esta raça de gatos?

Apesar de ter as suas raízes no norte de África, no Egito, hoje em dia, poderá encontrar-se este gato em diversos pontos do mundo, até porque a sua raça é muito apreciada, em parte pelo misticismo, em parte pela sua beleza. Não é um gato fácil de se encontrar, porém, poderão encontrar-se bebês desta raça especial para venda através de tratadores e vendedores de gatos.

Quais são as suas características?

O gato mau egípcio é um gato de porte imponente, altivo e elegante como se tivesse em si a noção da história da importância dos gatos no Egito antigo. No entanto, é um gato calmo e rápido nos seus movimentos. Fisicamente poderá entrar no espectro de magro a musculado e a sua cabeça é triangular porém ligeiramente arredondada. São gatos ágeis e flexíveis, de patas de tamanhos diferentes (as patas dianteiras são ligeiramente menores do que as patas traseiras) e são tido como uma das raças ascendentes às raças comuns de gatos de hoje em dia, como a raça europeu comum. No que diz respeito à pelagem, esta é diferente de todos os outros gatos domésticos, tendo pintas. O pelo é curto e lustroso.

Agora que conhece o gato egípcio, poderá reconhecer a beleza e história deste e, quem sabe, um dia adotar um gato mau egípcio, que de Mau só tem o nome!

Classifique o artigo

Publicidade