Os nutrientes essenciais na alimentação do seu gato

Classifique o artigo

Sabe o que é um nutriente, e quais são os que o seu gato necessita para viver saudável? Vamos então esclarecer esta dúvida.

Licença: 
CC Attribution 2.0

Sabe o que é um nutriente, e quais são os que o seu gato necessita para viver saudável? Vamos então esclarecer esta dúvida.
Os nutrientes são substâncias que se encontram nos alimentos. São usadas como fonte de energia, essencial ao metabolismo do seu animal. São fundamentais para a manutenção e crescimento saudável do seu gato.

Com exceção de algumas necessidades especiais, relacionadas com doenças específicas ou instruções dadas pelo veterinário, o seu gato deve ter ao dispor comida de qualidade, que seja capaz de fornecer os nutrientes essenciais. A comida de gato que é vendida para esse efeito deve ter como base este tipo de nutrientes. Estes são os 7 nutrientes mais importantes para providenciar uma vida cheia de saúde ao seu belo felino.

1. Água – este é o nutriente mais importante, essencial à vida.

O corpo de um gato é constituído por cerca de 70% de água. A alimentação seca tem cerca de 10% de humidade, enquanto a comida húmida tem cerca de 80%. O seu gato necessita de ter água limpa e fresca diariamente, sempre à disposição. A falta de água pode dar origem a doenças muito graves. Por exemplo: a diminuição de 10% de água no corpo de um gato pode provocar uma doença muito grave, 15% provoca a morte.

2. Proteína – essencial no crescimento, manutenção e reparação do corpo.

É o principal nutriente responsável pelo crescimento das células, tecidos, órgãos, enzimas e anticorpos. As proteínas advêm de diversas fontes: proteína animal como galinha, cordeiro, peru, carne de vaca, peixe e ovos. No entanto, nunca deve dar ovos crus ao seu gato, isto porque os ovos contêm avidina, uma ati-vitamina que interfere no metabolismo das gorduras, glucose, aminoácidos e energia. A proteína também pode ser encontrada em alguns vegetais e cereais, mas não é tão completa como a de origem animal.  

3. Gordura – a forma de energia mais concentrada.

A gordura também é necessária para uma boa saúde do seu animal, pois dá ao seu gato mais energia do que a proteína e os carbohidratos. As gorduras são também essenciais na estrutura das células e na produção de algumas hormonas. São essenciais na absorção e utilização das vitaminas que apenas se dissolvem na gordura. Dão ao corpo a proteção e isolação, especialmente importantes na saúde da pele.

O ácido linoleico é uma gordura essencial para os gatos. O ácido araquidônico, que é um ácido gordo ómega 6, é essencial na saúde de um gato para o bom funcionamento dos rins e na reprodução, sendo também elementar para um pelo bonito e uma boa pele.

Os ácidos gordos ómega e ómega-3 são vitais na recuperação de uma inflamação. Se substituir alguns ómega-6 por ácidos gordos ómega-3 pode reduzir-se uma reação inflamatória, quer seja na pele, devido a alergias; nas articulações, devido a artrite; nos intestinos, devido a alguma inflamação; ou mesmo dos rins, devido a uma falha renal.

4. Aminoácidos – são os responsáveis pela construção dos blocos de proteína.

Os aminoácidos essenciais não conseguem ser produzidos pelo animal em quantidade suficientes e devem ser sempre DADOS na dieta. Os aminoácidos essenciais incluem: arginina, metionina, histidina, fenilalanina, isoleucina, treonina, leucina, triptofano, lisina, valina e taurina. A taurina é um aminoácido fundamental nos gatos. Isto porque, ao contrário dos cães, os gatos não conseguem sintetizar taurina suficiente para as suas necessidades. A taurina é essencial na prevenção da degeneração da visão e do coração, bem como na reprodução, gestação fetal e sobrevivência em geral. Este tipo de aminoácido encontra-se apenas em alimentos de origem animal como carne, ovos e peixe.

Os aminoácidos não essenciais podem ser sintetizados pelo seu gato, e não são necessários ter em conta na dieta.

5. Hidratos de carbono – são essenciais para a saúde do intestino e para a reprodução.

São os grandes geradores de energia para os tecidos musculares. Embora não exista uma quantidade mínima estipulada, existe uma quantidade de glucose mínima necessária para providenciar energia aos órgãos do corpo mais importantes, como o cérebro. As fibras são o tipo de carboidratos capazes de modificar a população de bactérias no intestino delgado, o que pode ser fundamental para por exemplo: parar uma diarreia crónica. Para os gatos obterem o melhor da fibra, esta deve ter apenas uma pequena capacidade de fermentação, isto porque fibras puco fermentáveis podem resultar no subdesenvolvimento e diminuir a área da mucosa intestinal. As fibras muito fermentáveis podem produzir gases e o excesso de muco intestinal. As fibras moderadamente fermentáveis incluem cereais como milho, arroz e trigo. Uma alimentação rica em fibras não é boa para um gato jovem e em crescimento, pois não contém a energia suficiente para o seu crescimento.

6. Vitaminas – essenciais para o bom funcionamento do sistema metabólico.

As vitaminas têm a função de catalisar as enzimas e, por isso, são essenciais numa dieta. Muitas vitaminas não conseguem ser produzidas pelo corpo, sendo a sua ingestão fundamental.

Se a alimentação for completa e equilibrada, não são necessários suplementos vitamínicos, a não ser que exista uma deficiência vitamínica diagnosticada por um veterinário. O excesso de vitaminas pode levar a uma hipervitaminose, que significa o envenenamento por excesso de vitaminas. O excesso de vitamina A pode resultar em ossos frágeis, dores nas articulações, bem como pelo e pele secos. O excesso de vitamina D pode resultar na densificação dos ossos e na calcificação das articulações.

7. Minerais – os maiores constituintes dos ossos e dentes.

Estes são nutrientes não orgânicos que não são metabolizados, logo não se transformam em energia. Como o corpo do gato não produz minerais, estes têm de ser providenciados através da alimentação. São também importantes para manter o balanço dos fluidos e muitas reações metabólicas.

Lembre-se que uma boa alimentação evita doenças e fará o seu gato mais feliz durante mais tempo!

Classifique o artigo

Publicidade