As 8 principais causas de diarreia em gatos

Classifique o artigo

A diarreia geralmente é causada por uma alteração entre a absorção dos nutrientes dos alimentos e a eliminação do material desnecessário ao organismo.

Licença: 
CC Attribution-NonCommercial 2.0

A diarreia geralmente é causada por uma alteração entre a absorção dos nutrientes dos alimentos e a eliminação do material desnecessário ao organismo. É o que ocorre de forma bastante comum entre os bichanos, não havendo, por isso, necessidade de alarme pela ocorrência desse distúrbio, desde de que não dure mais de um dia ou dois. Sempre que o problema se alargar por mais tempo, é necessário consultar um veterinário. Para que perceba melhor o que se passa com o seu amiguinho, é importante conhecer as 8 principais causas de diarreia em gatos.

1. Presença de vírus

Uma das causas mais comuns de diarreias em felinos é a presença de vírus, tais como: a Panleucopenia, a Coronavirose (para as quais existe vacina), o Rotavírus, o FIV (Vírus da Imunodeficiência Felina), contra a qual só existe o método da prevenção, o FELV (Vírus da Leucemia Felina), entre outros. Estes micro-organismos devem ser imediatamente identificados e tratados por um especialista.

2. Parasitas 

A presença de vermes e parasitas também é uma das principais causas da ocorrência dessa patologia em gatos. Os mais comuns são: as lombrigas, a giárdia, o ancilóstomo, a coccidia, o criptosporidiose, entre outros. Seus principais sintomas, além da diarreia, são a anemia, desânimo, falta de apetite e mudança radical no humor e na atividade do felino. Por isso é tão importante fazer a desparasitação regular no seu bichano!

3. Fatores psicológicos  

Mudança de residência e estresse, são também fatores que podem desencadear esse tipo de distúrbio. O ideal é que os gatos convivam em um ambiente tranquilo e higiênico, com alimentação balanceada e, caso nenhuma outra causa seja identificada, é quase certo que fatores psicossomáticos estejam por trás do problema.

4. Infeção por alimentos 

Os gatos são animais curiosos e, como tais, costumam vasculhar cada canto do ambiente em que vivem, encontrando ratos, insetos e comida deteriorada que lhes servirão de alimento. Portanto, evite oferecer a eles comida própria para seres humanos, mantenha seu ambiente sempre livre de insetos, restos de comida e todo tipo de sujeira que possa despertar o interesse do seu bichano. 

5. Bactérias 

As bactérias também são uma causa bastante comum de disenteria em felinos e podem passar despercebidas devido à dificuldade em as identificar. Micro-organismos como: a salmonella, escherichia coli (que ataca as vias urinárias) e a campylobacter são as mais comuns e que devem ser identificadas imediatamente através de exames completos feitos por especialistas.

6. Inflamações intestinais  

Certas raças de gatos, principalmente as mais nobres, são muito sensíveis a determinados tipos de rações, especialmente as de baixa qualidade. Seu consumo pode causar disenterias, que muitas vezes são acompanhadas de sangramentos e prostração do animal. Portanto, ao adquirir certas raças de felinos, investigue com antecedência as doenças a que estão mais sujeitos para que esteja precavido(a) quanto a sua manifestação.

7. Alergias 

Talvez seja o fator desencadeante de diarreias mais difícil de ser diagnosticado, pois pode estar associado a vários tipos de alimentos e suas composições, além de alguns tipos de medicamentos que porventura estejam recebendo. Logo, o ideal é a consulta com um veterinário que faça uma investigação completa sobre seu histórico clínico, nutricional, de medicamentos, para que possa, por eliminação, encontrar a possível causa do transtorno.

8. Obstrução das vias intestinais   

Bolas de pelo, objetos pequenos e até tumores são também fatores que podem ser responsáveis por esse tipo de evento nos felinos. Em alguns casos a prevenção é suficiente, cuidando da higiene da casa, evitando o seu contato com objetos de pequenas dimensões, perfurocortantes, etc. Porém, em casos de tumores, somente uma consulta com especialistas, inclusive, com a realização de uma biópsia será capaz de identificar o problema.

Classifique o artigo

Publicidade